TAMPOGRAFIA

Um Mercado Que Realça Outros Mercados

Tampografia em Tecido

   A decoração de objetos domésticos e decorativos com desenhos/imagens ganhou força na arte de tampografar, ou seja, gravar com um tampão-carimbo. Hoje, pode-se realçar e dar brilho a peças de arte, além de sinalizar, brindar, no modo artesanal, automático e já gravar com laser sob comandos computadorizados.

Tampografia em Caneta

   É a tampografia… O que é isto? É uma impressão por transferência indireta de tinta. Como é? Tendo-se um cliché gravado [matriz] com o motivo a ser aposto, isso acontece em baixo relevo [tipo encavográfico] com um tampão (carimbo ou almofada).

   É uma tecnologia que permite boa definição de imagem e permite, ainda, a impressão sobre superfícies cilíndricas e curvas, além das planas.

Esquema
Tampões

   Isto significa que existe um tinteiro. Vamos lá… Um tinteiro e dois sistemas: 1) o sistema aberto, em que uma espátula empurra a tinta para o cliché e, no retorno, retira a sobra com uma lâmina. Assim, a tinta fica em baixo relevo, o tampão é levado ao cliché, tira a tinta e transfere-a ao objeto.  2) o sistema fechado, em que há um reservatório cilíndrico para a tinta acima do cliché; a retirada da sobre se faz na borda do reservatório e a tinta que depositada no baixo relevo é transferida para a peça pelo tampão.

Fabricantes: Semmil, Wutzl, Victoria Tampografia, Oscar Flues, Kent, Tampografia
Brasil, Ducore, Marabu Tintas, Tampo Arte, TecniGrave, Terranova, Neograf,
Tampografia Rio, entre outras.