FOTOGRAFIA

o que vejo

capto

memória de sempre

sensibilizo de fala em fala

relato

nos gestos o traço

do que continuo vendo

e o era

porque ora continuo lendo

todo o aquele traço

velho relato

que carreio em memória

                          sem fala

o hoje e o de sempre

é digital fato

o que vejo

João Barcellos, 2009

   O registro de uma imagem através de um dispositivo é um ato mecânico. Difere do desenho e da pintura. Ao combinar saberes de experiências acontecidos em vários lugares surgiu a Máquina de Fotografar, uma Câmera Escura que capturou, em oito horas…!, uma imagem positiva.

Joseph Niépce

1826 _ O militar francês Joseph Niépce [1765-1833] utiliza uma câmera escura projetada por outro francês (Charles Chevalier) para produzir a primeira imagem positiva (heliográfica).

1833 _ Do nome Photographie. O francês Hercule Florence [1804-1875] faz experiências no Brasil (na região de Campinas) e registra o seu novo conhecimento tecnológico como photographie. E assim é que a fotografia, tal como a concebemos tecnicamente, tem o seu berço experimental no Brasil.

Louis Daguerre

1839 _ O francês Louis Daguerre [1787-1851] e inglês Fox Talbot [1800-1877] anunciam ter conseguido fixar imagens registradas obtidas em Câmera Escura. Do trabalho do inglês logo surge a imagem monocrática sensibilizada em papel (o negativo) que logo é transformada quimicamente para gerar a imagem final (o positivo). Entretanto, o francês consegue numa placa metálica a imagem invertida (o daguerreótipo).

Fox Talbot

1840 _ E surge o Talbotipo. O cientista inglês consegue uma exposição em menor tempo com a aplicação de galo-nitrato-de-prata (um sal inorgânico) que é sólido no meio ambiente e sensível à luz.

1846 _ lentes ZEISS _ o oftalmologista alemão Carl Zeiss é também fabricante de sistemas óticos e, em Jena, junta-se a Ernst Abbe e Otto Schott para fundarem a empresa ZEISS.

James Maxwell

1861 _ o inglês James Maxwell [1831-1879] reproduz a primeira imagem fotográfica colorida. Ele aproveita os estudos de Newton (do Séc. 17) e faz a adição das cores azul, verde e vermelho. É a reprodução das cores do espectro.

1865 _ A britânica Júlia M. Cameron [1815-1879] é a primeira mulher a trabalhar com fotografia e cria um padrão de retrato fotográfico.

1892 _ o estadunidense Frederic Ives [1856-1937] projeta uma câmera que permite a gravação simultânea de três filmes (as cores aditivas), depois, os filmes são sobrepostos revelando a imagem original.

os Lumiere

1907 _ As Chapas de Lyon. Os irmãos franceses Lumière (Auguste, 1862-1954 e Louis, 1864-1948) aplicam filtros no processo de seleção de cores e inventam a chapa autochrome, em Lyon. E uma lâmina de vidro envolvida por grãos de amido tingidos de verde, vermelho e azul, envolvidos por uma emulsão pancromática (emulsão preto-branco sensível à luz visível) da qual resulta o diapositivo (transparência) nos processos de revelação.

   Os Lumière vão mais longe: inventam o cinématographe e projetam as primeiras imagens em movimento, em 1895.

Leica 1

1920 _ A empresa alemã Leica [estabelecida em 1913; Leitz/sche + Camera] projeta e fabrica a primeira máquina fotográfica para filme de 35 mm. A partir daqui surgem nos aplicativos que fazem da photographie de Hercule Florence um dos inventos mais populares da urbanidade industrial. E surgem o kodakrome (Kodak) e o agfacolor (Agfa). Entretanto, um objeto é primordial na câmera Fotográfica: a objetiva, que se conhece dos tempos dos estudos de Da Vinci (Séc 15 e 16), e a ´lente´ é aprimorada para garantir uma captura sempre melhor. 

1960 _ Eis que a fotografia passa a fazer parte do dia a dia de todas as pessoas, que se ´imortalizam´ em imagens quais gravuras neo-rupestres…

Steven Sansson e a Câmera Digital de 1975

1975 _ …E surge a Fotografia Digital… A tecnologia analógica dá lugar à tecnologia eletroeletrônica (ou, digital). É a fotografia sem filme inventada pelo estadunidense Steven Sasson [1950] nos laboratórios da Eastman Kodak Company.

   É a era do pixel [picture and element; o menor ponto que forma uma imagem digital] e do dot per inch [dpi], ou, definitivamente, a era digital.

Esta anotação
cronológica tem por base o excelente livro Curso Básico de Fotografia, de Manoel
Nascimento (Ed Edicon, 2008), e elementos pinçados sobre Hercule Florence
nos rascunhos do livro Gente da Terra,
de João Barcellos (romance, Ed
Edicon, 2007).