1958, Hélio Bianchini

De uma Tela de Serigrafia
para uma Empresa de Referência
em Qualidade

   Da confecção de pipas e gaiolas ainda na sua meninice no bairro da Mooca, o paulistano Hélio Bianchini ficou diante da Serigrafia com doze anos de idade e, desde então, tornou-se um tecnólogo experimentando esse tipo de gravação/estamparia de parâmetro em parâmetro. E, em 1958, foi desafiado: “…precisamos de uma tela grande, de até quatro metros, para uma campanha”, escutou. E fez. O ´cara´ serigrafista nasceu aí criando a empresa Agabê Decorações, que conhecemos hoje como Agabê Silk.

Produtos Agabê

O empreendedor viu a amplidão do negócio em 1978, quando iniciou a fabricação da Emulsão Diazóica a par de uma linha própria de produtos auxiliares sob o nome mercantil de Auge.

Fazer da família um valor universal a partir, também, do convívio profissional, levou o paulistano da Mooca a envolver os três filhos na dinâmica serigrafista.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Encontrar Hélio Bianchini nos eventos profissionais de Comunicação Visual no âmbito da estamparia-gravação serigráfica e ter a oportunidade de ´dois dedos de prosa´ é receber uma aula magna de tecnologia.

Hélio Bianchini