J-Teck

DA ESTAMPARIA TEXTIL-SERIGRÁFICA À ESTAMPARIA 4.0 PASSANDO PELA J-TECK

 

Há cerca de 20 anos o senhor dava início a um empreendimento muito novo no Brasil: a estamparia por sublimação em plotter e, ao mesmo tempo, introduzia no mercado sul-americano as tintas especiais J-Teck. Como foi esse processo?

Sérgio Antonio Schmitz

A empresa do Sérgio Antonio Schmitz na realidade existe há mais de 30 anos, mas como todo bom negócio sofre alterações diante da tecnologia e da mudança temporal. Se formos contar uma breve história da empresa já estamos no ramo de decoração de camisetas por assim dizer desde o início onde inicialmente tínhamos o comércio de importação de transfers com imagens diversas, aquelas antigas imagens prontas em um papel e que se transferia com possibilidades de puff. Mas como todo bom negócio vai tendo suas alterações de aprimoramento de tecnologia, então nossa loja própria que já vendia confecções foi inserindo os transfers e distribuindo para todo o Brasil. Com isto em 2002 surgiu a grande inovação chamada sublimação digital. Esta era algo totalmente novo onde muitos diziam que era algo sem sentido por não entender direito o processo. Passamos a acreditar no novo projeto e iniciamos os trabalhos com a tinta italiana Manoukian através do executivo Italo Mariani. Em 2002 estivemos presentes na FESPA da Espanha onde assimilamos ainda mais os conhecimentos na área.

Estivemos sempre nas melhores feiras do segmento e tivemos o privilégio de estar na feira Serigrafia Sign em São Paulo em nosso stand com um plotter para demonstrar o processo. Este plotter hoje está em nosso show room como forma de mostrar o início de tudo.

Muitos olhavam o processo e não entendiam como aquilo poderia acontecer, e pacientemente explicávamos e então demos início à uma revolução na estamparia brasileira. Tínhamos um slogan: A estamparia do futuro.

Em 2003 Italo Mariani junto de outros executivos fundaram a J-TECK 3 Srl. Como nosso vinculo de amizade e confiança era muito grande iniciamos a colocação da marca no Brasil.

Sempre juntos, tivemos um início de expansão da marca muito difícil pois o processo e a tecnologia eram pouco conhecidas e por vezes ficavam caros para o que o brasileiro gostaria. Então tínhamos poucos plotters e com investimento muito alto.

Mas com muito foco e perseverança fomos conseguindo novas possibilidades de diminuição de custos, formas de trazer o melhor da sublimação digital para o Brasil e então pouco a pouco os clientes começaram a ter acesso. Estudou-se muito e fizemos muitos testes e a grande possibilidade de os brasileiros poderem experimentar o processo de uma forma mais acessível financeiramente era através das impressorinhas, onde estas foram adaptadas para receber a tinta de sublimação digital e permitindo aos clientes inovar em sua estamparia.

No mercado mundial a sublimação não correspondia mais do que 3% do que seria o mercado de impressão sobre o tecido no mundo, ou seja, um campo totalmente novo a ser desbravado. Tanto acreditamos nisto que fizemos um trabalho com muita paciência de ensinamento e divulgação do processo de sublimação digital junto com a marca J-TECK tendo então sua distribuição com exclusividade.

 

Qual a reação do mercado tradicional e como foi contornar o obstáculo da incerteza?

Na realidade nossa visão de obstáculos foi um tanto diferente, porque na realidade estávamos nos deparando com falta de conhecimento e que as pessoas não acreditavam que aquele processo seria possível.

Foram muitos clientes atendidos ao longo deste tempo e muitos até hoje se demonstram tão surpresos com o processo que é muito interessante ver suas reações, é como se fosse tirar um coelho da cartola.

Enquanto a mágica da sublimação digital era desmistificada por nós com trabalho muito árduo as reações do mercado tradicional foram mudando. Conforme o conhecimento e o entendimento estavam sendo compostos sobre a área a vontade e o interesse aumentavam pelos interessados, eles queriam saber cada vez mais sobre aquele processo e tínhamos e ainda temos o imenso prazer em explicar.

Foi através da prática que fizemos com que os brasileiros enxergassem o quão interessante e inovador era o segmento da sublimação digital. Transformando a incerteza em vontade de empreender e tambem fazer o processo dentro de suas empresas.

O mercado tradicional que então estava todo baseado em cima da serigrafia foi absorvendo o processo da sublimação digital e este trabalhando timidamente paralelo a estamparia tradicional.

Os benefícios eram tantos que a sublimação digital ao longo destes anos caminhou a passos largos e transformou internamente muitas empresas revolucionando seu processo de estamparia e ampliando os produtos e ofertas no Brasil.

A sublimação digital sendo um processo limpo, fácil, sem muitos custos iniciais possibilitou as empresas um estudo de novos produtos e disposição ao mercado brasileiro de itens com muito mais cores, resolução fotográfica, inovações em peças, facilidade de processos e sem a necessidade de uma série de procedimentos ambientais que alguns dos outros processos exigiam.

Pouco a pouco este mercado evoluiu diante da receptividade do nosso conhecimento e exposição que passávamos aos interessados, os brasileiros que queriam se atualizar e estavam interessados nas inovações e processos diferenciados nos deram para abertura de demonstração e assim tivemos os clientes crescendo junto conosco.

É extremamente gratificante saber que temos clientes que iniciaram conosco e suas empresas ainda hoje trabalham com sublimação digital. Tudo isto foi possível pela dedicação e paciência que tivemos nas demonstrações, onde nossa equipe constantemente sendo treinada demonstrava o processo. E, claro, também porque o povo brasileiro já conhecido por ser um povo muito humano e caloroso nos recebeu para explicar o que seria o processo tão diferente e inovador da sublimação digital, sem isto nada seria possível.

 

Hoje, o senhor é uma referência no mercado da estampa por sublimação. Entretanto, sabe-se, ninguém alcança o sucesso sozinho. A sua empresa é uma organização familiar bem-sucedida, mas além da família o senhor teve o apoio de outros profissionais: quem foi e quem é quem no abraço profissional que o faz hoje um empresário-referência?

Uma empresa de sucesso é uma empresa que se chama Família. Sempre tivemos esta nomenclatura dentro de nossa estrutura. Sim, somos uma organização familiar por assim dizer literalmente, iniciamos eu e minha esposa Roseane onde sempre juntos, e com os mesmos objetivos, na busca de prosperar. Ao longo do tempo os filhos cresceram e viram toda nossa história de trabalho e de dignidade e, é muito gratificante que hoje temos a continuidade da empresa através da Manoela, minha filha, e de meu genro Fabricio, que também se apaixonaram pelo segmento. Afinal a sublimação digital é algo extasiante e que faz cada vez querermos mais. Assim, com esta nova geração dando continuidade à empresa podemos por mais tempo expandir, dar o melhor atendimento e atenção aos brasileiros com o foco na sublimação digital.

Ficamos referência no mercado da estampa por sublimação exatamente por termos ensinado o conceito de família para nossa equipe. Aqui na J-TECK GLOBAL trabalhamos com carinho e dedicação e com o conceito de que devemos fazer o melhor para nosso cliente, assim como se estivéssemos atendendo a nós mesmos.

Muitos parceiros neste caminho foram importantíssimos para nós. Muitos amigos criamos e temos respeito e honra de tê-los em nossa história. São inúmeros os nomes que poderíamos citar, pessoas que já eram de notório conhecimento na época fizeram parte da nossa instrução, pessoas que cresceram conosco paralelamente, pessoas que tentaram nos desmotivar, mas movimentaram ainda mais nossa vontade de tentar ir em frente. É uma história longa e poderíamos ficar tardes e tardes conversando. O importante é mencionar que temos muitos profissionais que temos com muito carinho a dedicar toda esta história. Estamos trabalhando em uma biografia de minha história pois queremos exatamente citar um a um que fez parte deste crescimento e realmente modificou para melhor o nosso país no segmento da estamparia digital.

Nas feiras que participamos tivemos a possibilidade de apertar muitas mãos e criar um carinho especial por diversos profissionais. Até mesmo os que sempre nos olharam com olhos de concorrência ou de inimizade fizeram com que crescêssemos pessoalmente e tivéssemos sempre o sentimento de gratidão pois sempre estivemos buscando o melhor.

Muito trabalho e suor resultou no que temos hoje e só nos resta gratidão.

Sempre fomos rodeados e até hoje temos muitos curiosos na busca do conhecimento e da tecnologia. O Brasil é imenso e assim muitas pessoas hoje em dia ainda estão conhecendo o que é a sublimação digital. Agora nas feiras este conhecimento já não é mais passado por mim pessoalmente e sim pela nova geração J-TECK GLOBAL com que eu tenho a honra de poder contar. E, nestes eventos sempre me faço presente para poder reencontrar amigos e poder conhecer novas pessoas transferindo e trocando idéias.

Podemos dizer que em suma foi um trabalho árduo de ensino aos usuários esta nova técnica, o que demandou muita paciência, dedicação e tempo.

Família unida jamais será vencida, este é um chavão usado comumente, porém que reflete exatamente o que temos hoje em nossa empresa, uma equipe que denominamos Família J-TECK Global que abraça a causa e que quer fazer o Brasil um lugar melhor.

 

O que é a J-Teck, que incorpora a Indústria 4.0, na sua vida?

Nossa empresa J-TECK GLOBAL incorpora muito na indústria 4.0 e, claro, desde 2003 quando a J-TECK foi fundada na Itália e tivemos a oportunidade de estarmos juntos trazendo esta tecnologia para o Brasil, e foi quando estabelecemos como nossa missão trazer o melhor da sublimação digital para o Brasil.

No Brasil nos dedicamos de corpo e alma na divulgação das tintas sublimáticas digitais italianas J-TECK, sempre buscamos seus produtos inovadores de forma a possibilitar a distribuição dos seus produtos por todo o território brasileiro.

Atualmente temos clientes deste o Oiapoque ao Chuí conseguimos distribuir por todas as regiões brasileiras por mais longe que sejam de nossa sede. Temos clientes que a mercadoria vai de avião, outros de balsa, outros de caminhão, todos os meios de transporte são utilizados para possibilitar o melhor da sublimação digital para o Brasil.

Sempre apresentamos as tintas J-TECK com as inovações como ser a primeira tinta a ser fabricada isenta de fenóis, ou seja, que não prejudicava a saúde de quem estava realizando o processo, tecnologias nano que seriam micropartículas. E, com isto, passou a liderar o mercado no quesito de cores e também a economia de tinta.

A tecnologia veio para revolucionar mais ainda o setor, trazendo uma estabilidade muito maior para tinta e garantindo um resultado com total performance positiva. A J-TECK GLOBAL focando além de ter um produto de qualidade uma equipe que ensinasse ao cliente a conseguir o melhor dos seus produtos. Para tanto, conseguimos fazer atendimento técnico em muitos locais do Brasil, realizamos perfis de cores e manutenção em milhares de empresas, tudo no intuito de conseguir agradar seus clientes e realmente ter o melhor do que chamamos de verdadeiramente digital.

Acreditamos que conseguimos e que é um trabalho constante de passar conhecimento aos clientes, dar o melhor rendimento da tinta, ajustar as cores, fazer o alcance do melhor resultado para que o cliente tenha o sucesso total dos seus objetivos na sublimação digital.

 

E você? Quem é hoje Sérgio Antonio Schmitz?

É difícil falarmos de nós mesmos. Fazendo uma introspecção, se eu fosse falar de Sérgio Antonio Schmitz, posso dizer que é uma pessoa que foi ganhando conhecimento e buscando ser uma pessoa cada vez melhor. Sou um profissional que passou por diversas questões na vida empresarial e sempre com muita dedicação e perseverança e acredito que alcancei o que sempre sonhei.

Pessoalmente tive muitas alegrias e conquistei muitos sonhos, e, sempre estou em busca de novos sonhos. É o que me motiva a viver: o constante aprendizado. Então desde que sou Sérgio me vejo em movimento, em 2000 que foi o início de fato no ramo de sublimação digital, tivemos fé e a esperança de poder trazer um segmento novo para o Brasil e que seria inovador, e, assim foi. Fizemos um bom trabalho e posso dizer que sou uma pessoa realizada pelo sentimento de dever cumprido para os clientes e Família. Tive a possibilidade de criar um pedaço da história da sublimação digital e também em muitas pessoas e estas deixaram um pedaço de si para minha memória também.

Sempre que me recordo de tudo que passei e fiz junto de minha Família e empresa, mesmo com os percalços as vezes que a vida nos traz, o sentimento de alegria sempre é sobressalente.

Como gosto de chegar em uma feira e ganhar um abraço de um cliente ou amigo dizendo que fizemos parte de um pedaço da vida dele. Tenho muito orgulho de termos encarado o projeto da sublimação digital e ter me dedicado todos estes anos em um setor inovador e que ninguém apostava por desconhecimento e, com minha insistência tivemos a oportunidade de ajudar a muitas pessoas a desenvolverem seus negócios também.