Edição 107 | NOVEMBRO


..: DESTAQUES :..

  • Principal
  • LECTRA
  • Tucano
  • Estampa Digital
  • BannerJet

DECORA do Ambiente à Moda

Habituamo-nos a vivenciar um espaço por um tempo determinado – o espaço que nos é chão e o tempo que nos é mortalha, e então, civilizamos esse tempo-espaço criando ambientes próprios e comunitários, i.e., um todo social à nossa imagem e querer. Fomos do artesanato à indústria e entre ambos construímos um elo mercantil que nos sugeriu um mercado de produtos, tanto utilitários quanto decorativos. E escrevemos uma história humana. Do vaso cerâmico à rede de fibras, da roda do carro de bois ao remo do barco sonhamos com as asas e construímos a aeronave no primeiro balão. E agora, bem, agora fabricamos tanta coisa que somos uma sociedade de consumo... E “[...] para cada ambiente que ocupamos buscamos um tipo de decoração, e o mesmo fazemos para cada tipo de produto que adquirimos, personalizando-o ou não, conceito que carreamos para o vestuário e o calçado, além dos mil e um acessórios que compõem o cenário de cada um[a] de nós; sim, porque o que vestimos e calçamos, assim como aquilo que decoramos, é uma moda produzida para nos dizer visualmente” [Barcellos, 1982]. Eis aqui a importância da decoração: ela exige estilo e conceito, seja para decifrar e expor o ego, seja para massificar um produto, tal qual uma estampa na camiseta ou num copo de vidro. “Decorar é uma questão tão filosófica quanto artística e industrial, pois, é um elo civilizatório entre as pessoas no seu processo de identificação” [Barcellos, idem]. A camiseta que sinaliza um local turístico tem a mesma importância sociocultural que, por ex., o corte de uma calça feito sob encomenda e atendendo uma ideia diferente da moda vigente. Decorar é, portanto, um ato que comunica visualmente estilos diversos.


BARCELLOS, João – in “As Estéticas Na Mortalha Que Vivemos”, palestra; Guimarães/Pt, 1982. Palestra repetida em Niterói/RJ-Br em 1988. MACEDO, J. C. – poeta e jornalista, in “Ambiente e Moda”, palestra; Coimbra/Pt, 1976 e Famalicão/Pt, 1983.

Móveis & Couro
um time que dá certo

Duas artes milenárias: a moveleira e a coureira. Entre a era do artesanato da tábua e resina, curtir e cortar a pele, respectivamente..., a era industrial dos Sécs. 18 e 19 tratou de alterar procedimentos para um melhor desenvolvimento dos produtos, mas foi em meados do Séc. 20 que moveleiros e coureiros começaram a ver outra luz para as suas artes utilitárias: a automação de processos. Uma das companhias que apostou na automação de processos para linhas de produção foi a francesa Lectra que, pela demanda tecnológica nos meios automotivo e têxtil, chegou ao moveleiro e ao coureiro no que tange ao dimensionamento e corte automático de peles para móveis estofados com couro e outros objetos utilitários. Um dos processos da Lectra é o encaixe das peças off-line: a máquina Versalis Furtinure fornece online a identificação das imperfeições e logo prepara o encaixe para o corte perfeito do couro; este processo aumenta a eficácia e reduz o desperdício, diminui o tempo de fabricação e maximiza a eficiência do processo. Agora, os equipamentos/programas Lectra estão em linhas de montagem de moveleiros e coureiros de todo o mundo que operam na tranquilidade da eficiência que garante qualidade e bom preço.

Lectra / marketing.brazil@lectra.com

Tucano
TORNADO AUTOMÁTICO

[TA85XY]
O equipamento de pré cura Tornado Automático, com 85 cm de área útil, é utilizado para eliminar a mão de obra auxiliar na cura de resinas serigráficas. Com o sistema automático a uniformidade da secagem é garantida proporcionando o mesmo resultado em todas as áreas de impressão. Com a secagem continua, evita-se a perca de tempo com o ganho em produção, aliado à diminuição de consumo de energia.

TUCANO /  Fone 62-3233.8282
vendas@tucanoequipamentos.com.br

ESTAMPA DIGITAL
a impressão e as cores que
fazem da comunicação visual
uma moda sem idade

O processo...
A confecção da estampa tem 3 estágios: a) criação do desenho; b) impressão; e c) acabamento. E é só? Não. A estampa digital é o que se diz ser hoje o têxtil digital, logo, é preciso conhecer os meandros tecnológicos para que na simplicidade da estampa-quase-pronta no computador pressionar os botõezinhos da máquina. Conhecer papeis e tecidos preparados para digitalização, tendências de mercado gráfico-têxtil e conceitos de aplicação de cores é importante... A impressora digital, ou plotter, reproduz padrões de desenhos, imagens e cores; a plotter possui cabeças de impressão do tipo jato de tinta [inkjet] sob comando de computação gráfica com programas [softwares] especiais. Uma boa leitura e conselhos de técnicos em tintas e plotters ajudam muito neste mercado de alta competição artística e financeira.

Saiba Onde:

Embaplan / 11-3855.2388;
La Estampa / 11-3051.5529;
J-Teck Global / 47-3267.8400 e 11-3473.6443;
Mogk / 47-3323.5844;
Papeis Havir / 11-2976.5233;
Roland DG / 11-3500.2600.

bannerjet no Peru

Na primeira quinzena de setembro o diretor da bannerjet, Marden Alves, esteve em Lima, capital do Peru, para verificar a intensa e conhecida concorrência entre os profissionais de comunicação visual. O que nos diz o executivo brasileiro da experiência? “Você já viu ou pode imaginar uma galeria em que várias empresas estão uma ao lado da outra – literalmente, parede com parede – imprimindo muito e concorrendo cada qual com o seu preço? Quem ganha a batalha? Certamente quem entrega mais rápido (afinal, como diz o ditado, tempo é dinheiro)! Aonde é feito o acabamento? No chão, isso mesmo, no chão. É bem comum você encontrar funcionários recortando pvc, adesivo e lona ao seu lado. Tem até fabricante de letras de acrílico e artista pintando painel com aerógrafo”. Esta experiência demonstra que a América do Sul não está parada no tempo tecnológico, que existe espaço, sim, para parcerias empresariais no continente. O grupo empresarial comandado por Marden Alves está no mercado da Comunicação Visual há 14 anos e leva o nome bannerjet pela marca de um dos produtos importados que disponibiliza no Brasil.

bannerjet // www.bannerjet.com.br
17 3234-2609 / Whatsapp 17 99651-4399











Moda & Comunicação Visual
















# Palavra do Editor

B2B $ B2C














CONCEITOS,
TENDÊNCIAS
& NOVIDADES


COMUNICAÇÃO VISUAL

Conceito & Parâmetros Gerais
Johanne Liffey & J. C. Macedo

LEIA +






J-Teck Novidades J-TECK












TECNOLOGIA

Tecnologia







Painel ExpoPrint


Febratex Painel Maquintex 2015



Blog do Jaime


Blog do Jaime



Impressão & Cores 2016




Tecnotextil Brasil






PARCERIAS

Lectra



MOGK



J-TECK



Gutierrez



Metal Printer



Aplike Auto-Adesivos



Jobplas



Phenix



Embaplan



Restac do Brasil



Nanodot Technology



Aplike Auto-Adesivos



FCEM - Feiras e Congressos



Lingerie of Ceará


ESPECIAL


JOBPLASS






SGIA 2013






SGIA















Indústria Digital | Livro
ASSINATURA